quinta-feira, 24 de Novembro de 2011 14:01h Flaviane Oliveira

Uso de formol para alisar cabelos pode causar câncer

Tendência do uso de escovas progressivas tem tomado conta da cabeça das mulheres

O cenário se passa nos anos 20, e a moda entre as mulheres é usar um penteado ondulado e sem volume, considerado como sinônimo de elegância. Já nos anos 80, o estilo é rebelde, com cabelos repicados e muito volume. Houve ainda o tempo em que os cabelos ondulados e muitos cachos eram a moda do momento, mas nos últimos anos a necessidade de grande parte das mulheres é exibir cabelos cada vez mais lisos e a  técnica da escova progressiva (alisamento capilar duradouro) lidera o ranking dos pedidos nos salões.


A dermatologista Márcia de Sena Batista explica que o formol é usado para várias finalidades e inclusive como conservante, “O problema maior do formol é para quem usa dose muito alta ou em uso frequente como, por exemplo o cabeleireiro, porque o produto vaporiza e fica no ar” explica.
A grande questão é que o formol substância tóxica, foi considerado prejudicial à saúde dos profissionais e clientes dos salões de beleza.
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) proibiu o uso do produto com mais de 0,2%, e a Organização Mundial da Saúde (OMS) o considera como um agente de grande potencial para o surgimento de câncer. A dermatologista ressalta que o problema mais comum no uso de uma concentração alta se caracteriza por náusea, irritação problema gástrico e nos casos mais graves pode levar a intoxicações agudas. A longo prazo tanto quem usa como quem aplica o produto nos cabelos pode desenvolver câncer principalmente da região oral, da traqueia, do esôfago e do estômago.

 

 

RISCOS


Em alguns casos, o maior prejudicado pela concentração de formol é o profissional que faz a aplicação do produto no cabelo da cliente. Isso porque a exposição repetida ao produto é ainda mais arriscada para a saúde. Quando usado por longos períodos, o formol pode causar câncer, “Como já foi comprovado que o formol pode contribuir para o aumento de câncer, em doses altas ou em uso frequente, realmente deveria ser evitado. O uso de formol em escova progressiva foi agora proibido porque a dose era muito alta e não havia grande controle e a dose que é liberada para uso geral não é suficiente para alisar, portanto o ideal é realmente não usar porque a dose necessária para alisar é muito maior e aí já seria a dose tóxica” destaca a dermatologista.


Ainda assim, algumas mulheres, mesmo conhecendo os riscos do uso do formol, arriscam a saúde física e a dos cabelos em nome da vaidade e apenas se dão conta dos riscos que o produto traz após o aparecimento de alguns sintomas. Vanessa Vieira é adepta assídua das progressivas. Ela acredita que o uso do produto facilita e muito o dia a dia mantendo os cabelos lisos e de fácil modelagem, porém a estudante se diz preocupada com as consequências do uso de formol.


Alguns sites na internet vendem os produtos para a realização de escovas progressivas de forma liberada e sem controle de uso, por isso é importante ficar atento e utilizar apenas produtos registrados pela ANVISA, além de realizar o procedimento em estabelecimentos confiáveis.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.