quarta-feira, 28 de Dezembro de 2011 09:50h Flávia Brandão

Eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal

O processo de sucessão da Mesa Diretora, que teve suas articulações iniciadas em setembro chega ao fim hoje com a eleição do presidente, vice, 1º e 2º secretário da Câmara Municipal para 2012. A reunião que está marcada para as 10h na Câmara Municipal

Hoje, às 10h, será realizada a eleição da nova Mesa Diretora, que estará à frente da Câmara Municipal de Divinópolis durante o ano de 2012. A convocação da reunião foi feita, ontem (27), após reunião ordinária pelo presidente, Pastor Paulo César. Como candidatos declarados a presidência estão: Anderson Saleme (PR) e Adair Otaviano (PMDB). Já o vereador Edson Sousa (PSB), que havia se colocado como candidato e antecipado, que tinha oito votos preferiu na reta final guardar segredo sobre o processo não posicionando se é candidato ou não.


Desde setembro, Anderson Saleme se coloca como candidato a presidência, sendo que inclusive trouxe a tona um “compromisso” selado entre os vereadores, que elegeram o atual presidente Pastor Paulo César, que previa que na eleição da Mesa para 2012 fosse apoiado um dos parlamentares do grupo como o próximo presidente.  Anderson disse, ontem (27), ao Jornal Gazeta do Oeste, que a expectativa para eleição da mesa é a melhor possível, considerando que a candidatura dele está mantida. “Sabemos que tem outros candidatos, que são bons e a disputa promete ser que finalizará às 10h com a eleição da Mesa Diretora. Precisamos consolidar os apoios para que não ocorram surpresas e o nosso nome seja mantido como cabeça de chapa”, declarou.


Articulação


Apesar do processo ser hoje, o vereador disse que após a reunião ordinária até o raiar do dia estaria articulando a chapa.  “Estamos de agora até o raiar do dia compondo para que possamos fazer uma chapa, que convença e atenda os anseios da população”, declarou.  O candidato disse que não tem ainda o número de votos e nem o nome dos edis, que irão compor sua a chapa.
Ao contrário de Anderson Saleme, Adair Otaviano tem a expectativa sobre os números de votos, que terá hoje. “Eu disse que tivesse os setes votos seria candidato, hoje penso que tenho sete votos, portanto se Deus permitir serei candidato à disputa da Mesa Diretora”, declarou.  Questionado se pretende estar juntar com o vereador Edson Sousa, que se colocou como candidato anteriormente, Adair Otaviano disse os dois estarão juntos hoje. “O Edson Sousa mais cinco vereadores prometeram votar comigo e baseado, no fato de quem vence a eleição é quem tem sete votos eu estou amanhã (28) colocando meu nome à disposição para apreciação dessa Casa. Se eu tiver os sete como penso, que tenho hoje, serei o presidente, se não será outro candidato”, declarou.


Sem definição


Já Edson Sousa, que declarou que a “matemática estava sobressaindo” mostrando que ele teria oito votos como candidato a presidência, agora apresentou um novo comportamento e não quis dizer a quantidade de votos ou até mesmo se irá manter ou não seu nome a presidência. O edil se restringiu a dizer que estará no projeto de Adair Otaviano, podendo ou não ocupar cargo na Mesa Diretora.


Processo


De acordo com o presidente da Câmara Municipal as chapas para concorrerem a Mesa Diretora podem ser registradas até 3 horas antes do processo da realização da sessão. O atual presidente Paulo César reafirmou que não irá concorrer a reeleição e anunciou que já tem seu candidato. “Com certeza meu voto é de alguém do grupo, que me ajudou a eleger. Isso em todos os momentos coloquei de uma forma bastante clara e o candidato sabe disso”, declarou. No grupo, que elegeu Paulo César estão: Anderson Saleme (PR), Rodyson (PSDB), Paduano (DEM), Geraldinho da Saúde (PR), Roberto Bento (PTdoB). Apesar de a reportagem questionar que apenas Anderson é candidato no grupo, Paulo César preferiu não confirmar o nome do edil que irá direcionar o voto hoje. 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.