sexta-feira, 18 de Novembro de 2011 19:26h Atualizado em 19 de Novembro de 2011 às 07:41h. Flávia Brandão

Deputado Biondini afirma estar lutando pela 3ª Vara Trabalhista para Divinópolis

O deputado federal Eros Biondini (PTB) declarou a toda imprensa nessa última quinta-feira (17), que já fez pedido ao Tribunal Regional de Minas Gerais - 3ª Região para que seja feito um estudo visando verificar a transferência de uma das 21 Varas do Trabalho aprovadas no projeto PL 1830/2011 para Divinópolis. O deputado enfatizou que foi o “protagonista de um benefício histórico para Minas Gerais”, tendo em vista que há mais de 20 anos, não tinha sido dado andamento a projetos, que beneficiam Tribunais Regionais do Trabalho e frisou que as declarações do vereador tucano, Beto Machado (PSDB), de que ele desprezou Divinópolis enquanto um dos relatores do projeto não condizem com a realidade dos fatos.


Biondini salientou que antes de qualquer mobilização do vereador Beto Machado, ele recebeu o antigo presidente do Tribunal de Minas Gerais junto a outros magistrados para que intermediasse um encontro com o líder do governo, Cândido Vacarezza, para viabilizar a entrada do projeto em pauta na Câmara dos Deputados, sendo que assim ele poderia trabalhar para viabilizar sua votação. “Primeiro que já tinha diminuído das 35 para 21 varas, mesmo assim o governo sinalizou que não iria aprovar e temos todos os magistrados como testemunha”, declarou.


Ele conta que usou de toda sua força política para que o projeto fosse colocado em pauta, mesmo assim o projeto era colocado e retirado. Nesse meio tempo, o parlamentar conta que trabalhou para revisão da exclusão das Varas, no entanto ficou claro que com as 21 varas já é quase impossível a aprovação e se fosse parar para discutir o retorno das 35 o projeto seria arquivado. 


Inversão


Biondini afirmou que houve uma inversão dos fatos, onde ele foi colocado como o responsável por excluir a vara de Divinópolis e ao contrário disso, ele que batalhou para aprovação das 21, de modo que a cidade tem a possibilidade de ser contemplada. “Se esse projeto não fosse aprovado aí que Divinópolis jamais teria chance de ter a vara. A cidade tem a chance de ter a 3ª Vara porque o projeto foi aprovado. Se eu pudesse colocar lá Divinópolis seria até mais bonito, mas fiz por Divinópolis a partir do momento que aprovei as 21 e conversei no Tribunal e a desembargadora sinalizou que poderá ser transferida uma das varas para ser a 3ª Vara de Divinópolis”, declarou.


O parlamentar disse que não assumiu o compromisso de fazer emendas, já que não era prerrogativa dele, visto que se ele assim fizesse estaria apenas “fazendo bonito em cima da demanda da cidade”, dizendo que tentou reverter, mas foi derrotado. “Por isso que nem eu nem o deputado Domingos Sávio apresentamos emendas porque senão o projeto seria derrotado. Usamos a sabedoria (...). A única chance de Divinópolis ser beneficiada foi através da minha ação e o vereador fala  que eu abandonei Divinópolis”, declarou.


Tramitação


De acordo com o deputado o projeto deve passar agora pela Comissão de Finanças e Tributação, na sequência vai a plenário e posteriormente para a sanção presidencial. “Será um projeto histórico para Minas Gerais. Eu continuarei brigando por Divinópolis, primeiro porque eu acredito nessa demanda da 3ª Vara, apesar de não ter o estudo acredito a principio que sim, mas no mínimo conseguimos que o Tribunal faça um novo estudo para ver se a gente consegue transferir para Divinópolis a vara de uma cidade que tenha demanda menor”, declarou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.