sexta-feira, 18 de Novembro de 2011 19:29h Atualizado em 22 de Novembro de 2011 às 10:41h. Flávia Brandão

Biondini diz que PTB está livre para articular eleições

A declaração do vereador Beto Machado de que o deputado Eros Biondini “virou as costas para Divinópolis” durante a relatoria do PL 1830/201 - que trata instalação de 21 Varas Trabalhistas em Minas Gerais - motivou o deputado a conceder uma entrevista

O deputado federal Eros Biondini (PTB) esteve presente, na última quinta-feira (17), em Divinópolis, para participar da Jornada Mundial da Juventude, mas junto ao compromisso agendou uma entrevista coletiva com toda a imprensa divinopolitana para rebater as declarações do vereador Beto Machado (PSDB), que disse que o deputado “virou as costas” para Divinópolis ao não viabilizar a reinclusão da 3ª Vara Trabalhista para Divinópolis, no PL 1830/2011, que trata da instalação de 21 Varas do Trabalho em Minas Gerais. Biondini falou ainda sobre a destituição da Comissão Provisória do PTB municipal, que tinha como presidente, Dreyffus Rabelo, secretário Adjunto de Trânsito.


Biondini justificou que a alteração das Comissões Provisórias em Minas Gerais foi decisão que partiu da Executiva Estadual e teve seu aval com o objetivo de fortalecer a identidade do PTB nos municípios com foco nas eleições de 2012. Em Divinópolis, especificamente foi constatada uma “deficiência” no sentido da mobilização para fortalecimento da sigla, por isso foi feita uma nova comissão, desde o último dia 07 de outubro.  O parlamentar revelou ter um “afeto muito especial” por Divinópolis, visto que seu pai e familiares foram criados na cidade e ressaltou que a votação que teve no município - 3º mais votado dos deputados eleitos – faz com que ele esteja credenciado para realização de um sonho: “trabalhar para ser um dos deputados mais atuantes por Divinópolis”.


Emendas


Esse ano, segundo o deputado R$ 184 mil serão destinados para compra de lousas digitais (datashow, projetor e computador) para escolas municipais e estaduais de Divinópolis, sendo que o recursos deverão chegar aos cofre municipal em abril. Na votação do orçamento de 2012, ele afirma que irá destinar um maior montante de recursos.


Representatividade


O deputado salientou que PTB pretende trabalhar para eleger vereadores na Câmara Municipal de Divinópolis e quem sabe até lançar um pré-candidato a prefeito nas eleições de 2012. Disse que hoje é natural que todos os partidos caminhem no sentido de construir essa identidade e fidelidade partidária e a destituição da comissão provisória na cidade foi feita nesse sentido.
Base do Governo
Questionado se iria se manter na base do governo Vladimir em 2012, Eros Biondini disse que isso será uma coisa ainda a ser “construída”. “Isso é uma coisa que eu tenho que construir, estava em uma tendência natural a isso, mas de repente aqueles que são da base do governo, justamente eles, como esse vereador, começam sem explicação (...) a insinuar que eu desprezei a cidade”, declarou.
O parlamentar diz que não entende a atitude do parlamentar, mas a mesma sinaliza que a base do governo tem uma rejeição a sua atuação, o que não comunga com a opinião pública de Divinópolis. O deputado salientou que apoiou Vladimir na última eleição de uma forma muito livre e consciente, mas hoje ele avalia que faltou por “parte da administração uma reciprocidade em termos de abertura e de considerá-lo como um deputado bem votado e atuante na cidade”. 


PTB livre


Questionado se já está em contato com a oposição levando em conta a presença do ex-prefeito Galileu Machado (PMDB) e do presidente do partido Fausto Barros no início da coletiva, Biondini disse que não partiu dele o contato, mas que sempre atende e acolhe bem todos os que procuram e com os peemedebistas não foi diferente.  “Não partiu de mim o contato com a oposição e quando partir, a imprensa será a primeira, a saber”, declarou. O deputado ressaltou que o PTB “está livre para decidir seu rumo na cidade” no sentido de construir a sua identidade e terá liberdade de discernir o que é melhor para a cidade e debater coisas, que ainda não estão boas.


Critícas


Referente a coisas que não estão boas no município, o deputado direcionou criticou a política pública sobre as drogas em Divinópolis, a qual segundo ele ainda é deficitária. “As comunidades terapêuticas não estão sendo valorizadas e apoiadas como poderiam. Eu convivo com eles semanalmente e vejo que não estão. Aqueles que poderiam solucionar uma crise que existe na cidade e em todo Brasil como o crack e a droga não estão sendo valorizadas por causa de vaidade de políticas públicas municipais”, declarou.  Biondini não quis estender a critica e finalizou dizendo não está tomando partido, no entanto ressaltou que “a administração atual tem pontos positivos e pontos para a serem revistos”. 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.