terça-feira, 22 de Novembro de 2011 10:06h Atualizado em 22 de Novembro de 2011 às 10:07h. Paulo Reis

Servidora federal de Divinópolis morre na MG – 050

Um grave acidente provocou a morte da escrivã da Polícia Federal Quílvia Cristina de Melo, de 36 anos, na tarde do último sábado (19). O fato ocorreu por volta das 14h30, na altura do km-184, da MG-050.


A motorista seguia no sentido Divinópolis/Formiga quando passou direto numa curva. Antes de cair, de uma altura de dez metros o veículo foi projetado a uma distância de trinta metros, vindo a colidir contra um barranco no fundo de um abismo, e capotando em seguida.
O veículo foi achado por um fazendeiro que trabalhava nas imediações, que ao ouvir o barulho foi verificar o que foi todo aquele estrondo. Após encontrar o veículo, o mesmo acionou a Polícia Rodoviária. 


Na rodovia, não foram encontrados sinais de colisão com outro veículo ou que a condutora tenha tentado acionar os freios, o que leva a sugerir que ela tenha cochilado ao volante ou passado mal. 


Quílvia Cristina trabalhava na Polícia Federal na cidade de Divinópolis, o delegado Daniel Fantini, foi comunicado da ocorrência e esteve no local para recolher os pertences da vítima. O delegado informou que a escrivã estava indo para Formiga, onde iria se encontrar com o namorado

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.