quarta-feira, 7 de Dezembro de 2011 10:19h Paulo Reis

Polícia Militar forma nova turma do Proerd

Os alunos comemoraram ao som de muita música e colocaram em prática o que mais aprenderam, o respeito à vida

Cada semestre uma turma é formada. Uma média de 600 alunos têm dentro da escola um curso que os capacita a combater as drogas e a marginalidade. Uma oportunidade indispensável para os futuros homens e mulheres da sociedade.
Ontem (06) uma nova turma se graduou no Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas) que existe desde ano de 1998 no estado de Minas Gerais. Divinópolis foi o segundo município a colocar em prática a estrutura do Programa, isto no ano de 2000.


O Programa é desenvolvido nas escolas, seja ela particular, estadual ou da esfera municipal. Por cerca de uma hora os alunos são submetidos a dinâmicas que trabalham a luta contra as drogas, que não se resumem apenas maconha, crack ou cocaína, os remédios as bebidas alcoólicas também são consideradas drogas.
Em Divinópolis mais de 35 mil crianças e adolescentes já passaram pelo Proerd, nestes 12 anos de instituição no município. Só neste ano de 2011, cerca de 24 escolas receberam os ensinamentos deste programa.


Cabo Adilson, instrutor responsável pela prática do Programa, disse ser este um momento muito especial para cada um dos alunos que durante seis, uma hora por semana, trabalharam juntos os malefícios das drogas e da marginalidade. Cartilhas, música e debates foram realizados durante todo este período, que fez da conscientização uma ferramenta para um futuro digno e respeitável.
Ainda segundo Cabo Adilson, os ensinamentos não se limitavam somente às quatro paredes da sala de aula, ela se estende até a própria casa dos alunos, de amigos e familiares. Uma parceria que garante um futuro mais digno aos hoje mini-cidadãos.


No começo uma novidade, que agora está dando muitos frutos como afirma Maria Caetana, dona de casa, que no semestre passado teve a filha graduada pelo Programa. De acordo com Maria, a filha amadureceu, esta é a palavra que resume a oportunidade que a filha teve. Hoje Maria participa do corpo de pais que aprendem com o Proerd, pois o programa agora se estende também aos pais e responsáveis.
A solenidade de formatura ocorreu na quadra coberta do 23º Batalhão da Polícia Militar e contou com a presença de pais, professores, diretores, familiares e amigos. A celebração contou ainda com a presença dos cães do Canil Militar que apresentaram números para todos os participantes.
Fabiano e Ana Laura são alunos formandos desta turma do 2º semestre de 2011 e falaram a nossa reportagem que além de conhecer sobre os malefícios das drogas aprenderam como é importante respeitar o próximo e ainda ajudar aqueles que precisam de apoio.


Este é um momento de união e a palavra que representa toda esta ação é agradecimento. A Polícia Militar, a família, a escola e os poderes constituídos, quando se unem somente somam forças para colher excelentes resultados, encerrou o Tenente Coronel Júlio Teodoro, comandante do 23º da Batalhão da Polícia Militar.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.