sexta-feira, 23 de Dezembro de 2011 17:21h Atualizado em 23 de Dezembro de 2011 às 21:42h. Paulo Reis

Polícia Militar alerta para segurança nas compras de fim de ano

Diversos militares permanecem posicionados em pontos estratégicos da cidade para garantir a segurança de quem ainda não fez as compras para o natal

Final de ano, para muitos é sinônimo de festas e nada mais visível para isso que o aumento do fluxo de pessoas pelas ruas das cidades. Em Divinópolis esse fenômeno não foi diferente.
Desde o início deste mês as lojas já expunham os produtos e ornamentavam as lojas, com o intuito de aguçar a curiosidade do consumidor. Uma “entradinha” e no final as indispensáveis compras.
Não se pode deixar de observar que apesar do frenesi das pessoas pelas ruas e pelos melhores presentes para o natal este é um dos períodos mais lucrativos para o comércio. O natal ainda se mantém no ranking de um das melhores datas para vendas e para encontrar produtos baratos e de ótimas qualidades.
Desde o final de novembro a Polícia Militar está desenvolvendo a Operação Natalina que visa garantir tranquilidade às pessoas no momento dessas compras e um melhor controle das vias públicas.
Apesar da preocupação dos militares é importante também que cada consumidor tome algumas precauções para evitar qualquer tipo de desconforto. O importante é evitar andar com muito dinheiro nas bolsas, andar com joias dentre outras situações que despertam a cobiça da criminalidade.
Para controlar e dar um apoio maior a esta segurança, a Polícia Militar deixa algumas dicas indispensáveis para uma data feliz e de grandes realizações:

 

 

Os consumidores devem pagar as compras com cheque ou cartão;
Não andar com muito dinheiro;
Ficar atento ao manuseio das carteiras em locais públicos;
Evitar aglomeração de pessoas;
Ficar atento a esbarrões;
Não perder crianças de vista;
Evitar usar roupas e joias que chamem a atenção;
Antecipar as compras o máximo possível;
Evitar ficar com as duas mãos ocupadas;
Manter quantidades de dinheiro separadas para pequenas despesas;

 

A PM ainda reforça que se mesmo diante destas precauções ocorrer algum sinistro, as pessoas devem acionar o telefone de emergência 190, ou o Disque 181, caso queira fazer alguma denúncia sem se identificar. A participação da comunidade é de suma importância para o controle da criminalidade, lembra o Comandante do 23º Batalhão da Polícia Militar, Tenente Coronel Júlio Teodoro.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.