sexta-feira, 2 de Dezembro de 2011 18:27h Atualizado em 3 de Dezembro de 2011 às 09:45h. Paulo Reis

Polícia apreende armas na zona rural de Arcos, após denúncia de agressão e sequestro

Dois homens foram presos após batida policial em um sítio na zona rural de Arcos. Militares foram acionados por uma denúncia de cárcere e apreenderam armas, documentos e dois veículos. Dois homens fugiram ao perceber a presença da Polícia

Um homem de 32 anos foi preso e um menor de 16 apreendido na tarde da última quinta-feira (01) numa comunidade rural de Arcos.
Os militares receberam a denúncia de que um jovem estaria sendo mantido em cárcere privado por criminosos em um sítio da região.
Os policiais compareceram ao local, ao serem localizados dois homens que estavam no lugar fugiram em direção à um matagal e não foram encontrados. Na entrada do sítio, o homem de 32 anos e o menor, de 16, foram abordados, e informaram à polícia que apenas estavam ali à trabalho e que um dos suspeitos que fugiu estaria em débito com a Justiça por causa de atraso no pagamento de uma pensão alimentícia.


Disseram ainda que ouviram uma conversa dos fugitivos na qual eles afirmavam ter agredido um homem a pauladas por causa de dívidas, mantendo-o preso por um longo tempo, até que o pai dele, de Formiga, o tivesse libertado.


No sítio os militares encontraram uma arma de fogo, uma pistola semi-automática calibre 380, além de uma faca, quatro telefones celulares, documentos, uma caminhonete e uma moto.
Diante das informações, dadas pelos trabalhadores à polícia se dirigiu para a cidade de Formiga, onde fizeram contato com a suposta vítima das agressões e do cárcere.
De acordo com a polícia, receoso P.S.S., de 32 anos, negou ser verdade o fato descrito, porém  puderam constatar a existência de muitas lesões nas costas do suposto agredido.


Os envolvidos foram encaminhados ao Pronto Atendimento de Arcos, onde foram examinados e medicados. Depois foram levados à Delegacia para esclarecimento dos fatos. Os materiais apreendidos também ficaram sob responsabilidade da Polícia Civil.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.