quarta-feira, 21 de Dezembro de 2011 11:23h Paulo Reis

Drogas, Armas e Aparelhos Eletrônicos são apreendidos durante “Operação Força Tarefa

As Polícias Militar e Civil do município cumpriram diversos mandados de busca e apreensão

A Operação Força Tarefa teve início às 6h da manhã de ontem (20) em Divinópolis e diversas cidades do Estado de Minas Gerais e foi desencadeada mais uma vez pela parceria da Polícia Civil com a Polícia Militar e também com o apoio dos demais órgãos do Sistema de Segurança Pública, presentes em vários municípios que integram a 7ª Região Integrada de Segurança Pública.


O objetivo foi de prevenir e reprimir os delitos que são cometidos contra a vida, principalmente os que estão relacionados à homicídios, bem como aos ligados ao tráfico de drogas e ao uso e porte ilegal de armas de fogo.
A operação policial realizada pela 7ª RISP (Região Integrada de Segurança Pública) tem sob responsabilidade territorial 51 municípios que estão divididos em quatro ACISP’s (Áreas de Coordenação Integrada de Segurança Pública) e 24 AISP’s (Áreas Integradas de Segurança Pública).
A 7ª RISP é composta pela 7ª Região da Polícia Militar, comandada pelo Coronel Eduardo Campos de Paulo e pelo 7º Departamento da Polícia Civil, chefiado por Alexandre Andrade de Castro.


As ações realizadas nesta operação são consideradas o primeiro nível de esforço que tem como base a repressão qualificada ao crime, com o cumprimento de vários mandados de busca e apreensão e de prisão.


O segundo nível de esforço corresponde a participação de toda a comunidade por meio das denúncias anônimas feitas ao Disque Denúncia Unificado (DDU 181). Aproveitando o cumprimento desta operação a 7ª RISP está lançando ainda novos cartazes “PROCURA-SE”, que contem fotos e dados das pessoas mais procuradas da região centro-oeste de Minas Gerais, dentre elas homicidas condenados e com mandados de prisão em aberto.
O terceiro nível de esforço tem como ponto forte a criação de mecanismos que controlem os conflitos. Com isto a mudança de comportamento será positiva e também a adequação de ambientes considerados de alto risco.

 

 

23º Batalhão da Polícia Militar

 

A área de cobertura do 23º Batalhão Polícia Militar corresponde a cinco municípios, são eles: Divinópolis, Itaúna, Cláudio, Itatiaiuçu e Carmo do Cajuru.
Nesta edição da Operação Força Tarefa foram usadas 32 viaturas e participaram 116 policiais. Em Divinópolis foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão em diversos bairros considerados de risco no município, onde foram apreendido celulares, peças de carro, capacete, facas, relógios, pedras de crack e buchas de maconha e ainda R$ 1.000,00 em dinheiro.
Ao todo foram presas 15 pessoas nas cinco cidades que integram a área de abrangência do 23º Batalhão.
Os matérias apreendidos bem como as pessoas foram conduzidas para as sedes da Delegacias Civis de cada município.

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.