sábado, 10 de Dezembro de 2011 08:54h Atualizado em 10 de Dezembro de 2011 às 08:57h. Flávia Brandão

Rodovia MG 050,secretário Melles reconheceu a importância de duplicação do trecho

Possibilidade de duplicação completa de Divinópolis a BH ainda é estudo embrionário

A revisão do contrato da Concessionária Nascentes das Gerais com o Governo de Minas no sentido de verificar quando será possível a duplicação completa da rodovia MG 050 no trecho Divinópolis a Belo Horizonte foi anunciada já alguns meses por lideranças políticas do município, após reunião com o Secretário Estadual de Transporte e Obras Públicas, Carlos Melles (DEM). Na ocasião, foi colocado que a revisão seria concluída até meados de agosto, no entanto, em entrevista exclusiva a Gazeta do Oeste ,, mas alegou que o processo é ainda um estudo “embrionário”, sendo que o assunto não foi debatido ainda com o governador Antônio Anastasia (PSDB). A expectativa é que no início do ano tenha-se uma clareza maior sobre os investimentos.

 

 

O secretário pontuou que a “melhor expressão” não seria revisão do contrato, uma vez que a parceria com a Nascentes das Gerais foi “muito bem elaborada” e é a primeira Parceria Público Privada (PPP) fruto do dinamismo e ousadia do ex-governador Aécio Neves que “abriu para a sociedade a possibilidade de melhoria da estrada, que é a mais importante do Estado. Melles explicou que o movimento na rodovia aumentou e nesse sentido é preciso e importante que se reveja o tempo das operações, das melhorias, que a estrada tem que sofrer.  “As melhorias em alguns segmentos estão um pouco mais defasadas em função de desapropriações, que o valor aumentou muito, em função de obstáculos da área ambiental, enfim tem uma série de pormenores a serem vistos”, disse.

 

Divinópolis

 

 

Já em relação a tão esperada duplicação completa no trecho de Divinópolis a Belo Horizonte, considerando, que na região existe uma praça de pedágio das Nascentes -  próximo a Itaúna -  o secretário esclarece que esse trecho, que se restringe em torno de  44km  a 45 km o desafio do governo mineiro é avaliar a possibilidade de um “projeto de investimento para duplicação da estrada, melhorando também de imediato o trecho, que transita dentro de Divinópolis”. Mas o secretário frisou que essa não é uma ação, mas sim um estudo. “Não há uma ação, há um estudo, um movimento diuturno nosso, no sentido de avaliação, conversas para que possamos trazer uma solução tão necessária, sobretudo no trecho Divinópolis a Belo Horizonte”, declarou.

A reportagem questionou ao secretário se existe essa possibilidade do trecho ser duplicado, no curto prazo, considerando que os motoristas anseiam pela duplicação desde a concessão e reclamam do alto valor do pedágio.  Em resposta, o secretário disse que a duplicação é mais que possível, é necessária.

 

 

Processo embrionário

 

O secretário frisou que a duplicação é muito importante, mas a articulação nesse sentido ainda se restringe a um estudo embrionário, sendo que o Governador ainda não foi comunicado. “A duplicação deixa de ser importante para ser necessária e quando ela é necessária, se torna mais importante ainda, esse é o primeiro ponto. O segundo é o prazo porque não se duplica com rapidez e os recursos também. Nós estamos estudando embrionariamente, não posso te falar nada ainda, porque nem conversei com o governador. Temos mantido entendimento de possibilidades de uma revisão, que possa dar um dinamismo maior para melhorar os investimentos na MG-050. Esse é o desafio”, disse.

 

 

Força Política

 

O secretário citou que Divinópolis e as cidades da região têm um interesse muito grande pela duplicação e uma representação política de um nível muito qualificado seja pelos vereadores, prefeitos, deputados estaduais e federais e somado a isso está o interesse do governador, que é manifestado pela Secretaria de Transporte e Obras. A expectativa do secretario é que até o inicio do ano o processo de estudo possa ter avanços.  “Tenho a impressão que nos vamos entrar o ano com um estudo e uma clareza melhor de investimentos na MG-050”, finalizou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.