terça-feira, 6 de Dezembro de 2011 11:30h Flaviane Oliveira

Divinópolis amplia a oferta de cursos técnicos e de qualificação

Além do município outras 81 cidades serão beneficiadas com as vagas do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego

O ensino profissionalizante e técnico não está mais tão distante dos jovens divinopolitanos que estão cursando ou cursaram o ensino médio na rede pública de ensino. Na última semana o governo de minas, juntamente com a Secretaria de Estado de Educação (SEE) firmou uma parceria junto ao Ministério da Educação (MEC) para aumentar a oferta dos cursos técnicos e os de qualificação profissional no Estado. A estimativa é de que a partir do próximo ano, mais de 35 mil vagas do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), do Governo Federal, estarão à disposição dos alunos do ensino médio da rede pública de Minas Gerais em 82 municípios.
O Pronatec é uma ação do Governo Federal que trabalha para possibilitar a ampliação de vagas e expansão das redes estaduais de educação profissional, com oferta de cursos gratuitos pelo MEC.


De acordo com o governo de Minas “serão oferecidas vagas nos cursos de qualificação profissional, cuja carga horária varia entre 160 e 400 horas”. A oferta de mais vagas dos cursos em questão vem para fazer parte das ações já desenvolvidas pelo Governo de Minas por meio do Programa de Educação Profissional (PEP). A expectativa é de que o número de oportunidades para que os jovens estudantes do ensino médio façam um curso técnico e de qualificação profissional cheguem a dobrar em 2012, pois serão ofertadas cerca de 65 mil vagas aos estudantes mineiros.

 

 

CURSOS


Vários cursos serão ofertados no próximo ano, entre eles o de agente comunitário de saúde, soldador, padeiro e eletricista. Além dos cursos de qualificação, serão disponibilizadas vagas nos cursos técnicos, que têm carga horária mínima de 800 horas. Nesta categoria estão os cursos de técnico em mecânica, edificações, química, segurança do trabalho, entre outros. Os cursos são gratuitos e a previsão é de que a primeira turma comece em março de 2012.
A Agência Minas ressalta que as aulas serão realizadas nas escolas do Sistema S (Senai e Senac), pelos Institutos Federais e pelas unidades do Sistema Federal de Educação Profissional. Dessa forma os cursos oferecidos serão escolhidos de acordo com a disponibilidade de vagas e localização dessas instituições.
O governo destaca que as vagas dos cursos técnicos e de qualificação profissional serão oferecidas nas cidades onde existem escolas do Senai e do Senac, dos Institutos Federais ou do Sistema Federal de Educação Profissional credenciadas pelo MEC. Dos 82 municípios que receberão os cursos, no Centro-Oeste as cidades de Arcos, Cláudio, Divinópolis, Formiga, Itaúna, Nova Serrana, Pará de Minas e Passos serão beneficiadas.

 

PROGRAMAS


Serão implantados ainda cursos técnicos a distância e para possibilitar essa modalidade de ensino, a secretaria aderiu, junto ao MEC, ao Programa Escola Técnica Aberta do Brasil (e-TEC). A expectativa é de que os cursos desta modalidade sejam oferecidos pela SEE ainda no 1º semestre de 2012.
Ainda em 2012 o PEP vai oferecer 30 mil vagas em 60 diferentes cursos em todas as regiões do Estado. A relação dos aprovados será divulgada no dia 16 de dezembro. O programa foi criado no ano de 2007 e oferece oportunidade de capacitação profissional gratuita aos jovens mineiros. 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.