sexta-feira, 16 de Dezembro de 2011 14:08h Atualizado em 16 de Dezembro de 2011 às 23:00h. Sarah Rodrigues

Aumenta acesso a medicamentos gratuitos

Diabéticos e Hipertensos recebem remédios gratuitos

Através do programa “Saúde não tem preço” – marca do Aqui tem Farmácia Popular quase 7 milhões de pacientes tiveram medicamentos gratuitos em todo o país. Em Minas Gerais o programa atendeu mais de 170% de pessoas desde seu início.
Desde fevereiro, o programa fornece medicamentos gratuitos para diabetes e hipertensão. Antes, nas drogarias credenciadas ao Aqui Tem Farmácia Popular, os produtos eram oferecidos com até 90% de desconto. Em Minas Gerais, a quantidade mensal de diabéticos beneficiados pelo programa cresceu 157%, pulou de 58.566, em janeiro, para 150.627, em novembro. No caso da hipertensão, o número aumentou 185% no mesmo período, pois passou de 161.401 para 459.230 beneficiados. Em Minas Gerais, o programa do Ministério da Saúde aumentou o número de habitantes ofertados com medicamentos de diabetes e hipertensão em 172% de janeiro a novembro. O total mensal de pessoas que retiraram esses produtos nas 3.729 farmácias e drogarias credenciadas passou de 193.940, em janeiro, para 526.914, em novembro. Em todo o país, a quantidade de beneficiados aumentou 264% no mesmo período. O total mensal de brasileiros assistidos pelo Saúde Não Tem Preço passou de 853.181, em janeiro, para 3,1 milhões em novembro. Em todo o período, 6,9 milhões de pessoas foram beneficiadas. Deste total, 1,3 milhão, em Minas Gerais.
De acordo com o vendedor Paulo Coelho, a farmácia em que trabalha possui todos os medicamentos disponíveis pelo programa. Ele explica que para participar a pessoa deve apresentar os documentos de identificação e a receita. A receita médica vale por 120 dias. “Tem muita gente que procura esses medicamentos, como tem pouco tempo que são oferecidos o pessoal ainda está descobrindo”, relata.

Os medicamentos disponíveis de acordo com o site do programa são Captopril 25mg, comprimido; Maleato de enalapril 10mg, comprimido; Cloridrato de propranolol 40mg, comprimido; Atenolol 25mg, comprimido; Hidroclorotiazida 25 mg, comprimido; Losartana Potássica 50 mg.

OBSERVAÇÕES
Para obter os produtos disponíveis no Saúde não Tem Preço, o usuário precisa apresentar CPF, documento com foto e receita médica, que é exigida pelo programa como uma forma de se evitar a automedicação, incentivando o uso racional de medicamentos e a promoção da saúde. 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.