sábado, 10 de Dezembro de 2011 09:03h Atualizado em 13 de Dezembro de 2011 às 11:11h. Flaviane Oliveira

Alunos da rede pública devem fazer a matrícula escolar a partir de 2ª feira

Em Minas Gerais mais de 130 mil alunos se candidataram a uma vaga nas escolas do estado

Dulcineia Santos já se prepara para matricular os dois filhos na rede estadual do município. A mãe que está atenta ao prazo conta que irá procurar a escola onde realizou o cadastramento ainda na segunda-feira. Já a matrícula para o ensino infantil foi iniciada no dia 05 desse mês. Começa na próxima segunda-feira (12) o período de matrículas dos estudantes que pretendem ingressar em uma escola estadual ou municipal. De acordo com o governo de Minas, os mais de 133 mil inscritos, que participaram do último Cadastramento Escolar, devem comparecer às escolas.


Na capital mineira, a carta com as orientações de matrícula foi enviada às residências dos cadastrados. Já na Região Metropolitana da capital e interior do Estado, pais e responsáveis devem entrar em contato com a Comissão Municipal de Cadastro e Matrícula, por meio das Secretarias Municipais de Educação ou pelas Superintendências Regionais de Ensino, para saber para qual escola seus filhos foram encaminhados.
A reportagem entrou em contato com a Superintendência Regional de Ensino em Divinópolis para saber como será o procedimento de matrículas no município e número de alunos que deveram voltar às salas de aula, porém foi informada de que ainda não havia informações sobre o assunto no município. O período para efetuar a matrícula na escola indicada vai de 12 a 16 de dezembro e o aluno que fez o Cadastramento Escolar tem vaga garantida em escolas próximas à residência onde mora.


O Cadastramento Escolar é um levantamento utilizado para planejar e garantir vaga ao estudante na rede pública de ensino na escola mais próxima à residência onde mora. Todos os anos é obrigatório o Cadastramento Escolar para crianças que vão iniciar o 1º ano do ensino fundamental, alunos que estão se transferindo de outras localidades ou vindos de escolas particulares e os interessados em retornar aos estudos em qualquer ano do ensino fundamental (1º ao 9º ano).

 

 

DOCUMENTAÇÃO


Os alunos que já fazem parte da rede pública de ensino não participam precisam fazer a matrícula, pois a renovação de matrícula para a continuidade dos estudos no ano seguinte é feita em data definida pela própria escola na qual o aluno estuda.
Pais e estudantes devem ficar atentos na hora de fazer a matrícula. Para iniciar o ano letivo nas escolas públicas e municipais, o responsável deve comparecer à escola para a qual seu filho foi encaminhado levando comprovante de endereço e certidão de nascimento.


No caso de transferência, o pai ou responsável deve levar declaração ou histórico da escola de origem e para os alunos que têm carteira de identidade, o documento deve ser apresentado no ato da matrícula. O governo de Minas ressalta que os cadastrados que não tiverem sua matrícula realizada no prazo previsto serão encaminhados para escolas onde houver vagas remanescentes, medida válida também para candidatos que não participaram do cadastro.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.