quinta-feira, 24 de Novembro de 2011 10:45h Luciano Eurides

Leandro Guerreiro é o cara

As últimas atuações do volante Leandro Guerreiro, que deram firmeza ao setor defensivo do Cruzeiro, agradaram o técnico Vágner Mancini. O treinador, em sua entrevista coletiva desta terça-feira, na Toca da Raposa II, adiantou que o jogador tem um lugar na equipe titular, independentemente em que posição for atuar.


Isso porque Guerreiro foi bem como volante, contra Internacional e Avaí-SC, e também quando atuou como zagueiro, no último domingo, contra o Atlético-PR. “O Leandro Guerreiro é titular do meu time hoje. Ponto. Seja na zaga, de volante, de meia. O Leandro, desde que entrou, o time foi outro. Então, não tenho dúvida nenhuma em afirmar isso”, disse Mancini.


Questionado sobre possíveis mudanças na equipe titular para a partida de domingo, contra o Ceará, às 17h, no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza-CE, pela 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, o treinador cruzeirense disse que ainda vai trabalhar o time durante os treinos da semana, e que um certo mistério é importante neste momento. “Eu não falo hoje o time porque eu não tenho. Existem momentos, e em alguns jogos, que é até interessante um certo mistério, para que você não dê ao adversário a chance de ele armar o time dele baseado no meu, ao longo de cinco ou seis dias. Então, às vezes a gente esconde um pouco, não é para que vocês (imprensa) não saibam. É para que a gente não chegue lá com todas as informações abertas. Mas, de uma maneira geral, vai haver mudanças. Vou testar a equipe na quarta, quinta e sexta-feira, fazer algumas observações e, diante daquilo que eu sentir no treino, aquele atleta que tiver melhor... “, afirmou o treinador.


Mancini explicou uma ‘diferença’ que vai levar em consideração para armar a equipe. “E aí eu não estou muito ligado ao que o cara já fez. Vou estar ligado ao que o cara vai me mostrar nesta semana, o olhar de cada um deles. Porque eu acho que chegou a hora de a gente dar um basta, e nada melhor do que você ter um time disposto a entrar em campo e mostrar, não com entrevistas, mas sim dentro de campo, com atitude”, comentou Mancini, que completou: “Não é que eu vá escalar o time baseado somente nisso. É óbvio que eu já tenho uma equipe formada. Mas , uma ou outra dúvida que eu tenha ainda, vai ser decidido nesta semana com a atitude, o olhar do cara, a preparação, a concentração, a entrega dele durante a semana nos treinos”.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.