sexta-feira, 16 de Dezembro de 2011 15:43h Atualizado em 16 de Dezembro de 2011 às 22:58h.

Kalil anuncia programa sócio-torcedor

Logo após ser reeleito presidente do Atlético, com 61,84% dos votos, Alexandre Kalil anunciou a primeira medida para o triênio 2012–2014: o lançamento do programa de sócio-torcedor. A iniciativa é uma antiga reivindicação da torcida e vinha sendo postergada pela administração alvinegra com a justificativa de que o clube estava sem estádio em Belo Horizonte, mandando seus jogos em Sete Lagoas. Agora, com a aproximação da reinauguração do Independência, prevista para 15 de fevereiro, sua implantação se torna possível.

Mostrando a habitual confiança na força da massa, ele vislumbra sucesso da nova empreitada: “Já há uma pequena equipe trabalhando no projeto do sócio-torcedor e é bom que todos fiquem atentos, pois vai faltar ingresso. Não vai ser como em Sete Lagoas. Aqui é estádio lotado todo jogo”, declarou o mandatário atleticano.

Ele considera que a responsabilidade agora é muito maior. Afinal, em sua opinião, no primeiro mandato pegou o clube “esfacelado” e teve muito trabalho para recolocá-lo nos trilhos. Agora, acredita que poderá levar o Galo às grandes conquistas.

Para isso, a promessa é de acompanhar o futebol bem mais de perto. “Nos últimos três anos, meu maior erro foi ficar um pouco longe do futebol. Vou me reaproximar, até porque a sede, agora, não precisa mais tanto de mim.”

Considerando que administrativamente o Atlético está muito bem, Alexandre Kalil admite que no futebol sua administração deixou a desejar em termos de resultados, com campanhas pífias nos dois últimos Campeonatos Brasileiros, nos quais a equipe lutou quase o tempo todo contra o rebaixamento. Para que isso não se repita, ele promete tirar lições dos erros cometidos.

De qualquer forma, reafirmou que as contratações serão “pontuais”. “Vamos qualificar o grupo, que é bom, pois não queremos que o fiasco se repita pelo terceiro ano consecutivo”, disse. Até o momento, o Atlético só contratou um atleta, o volante Leandro Donizete, um dos destaques do Coritiba nas últimas temporadas.
Alexandre Kalil assumiu o Atlético no final de outubro de 2008, pouco mais de um mês depois da renúncia de Ziza Valadares. Fez uma reforma administrativa no clube. Mas, em campo, os times montados fracassaram. O Galo conquistou apenas o Campeonato Mineiro de 2010, quando fez grandes investimentos com Vanderlei Luxemburgo à frente da equipe.

Brigou contra o rebaixamento nos dois últimos Campeonatos Brasileiros, escapando apenas nas rodadas finais. Foram mais de 70 contratações no primeiro mandato. A rotatividade de jogadores foi um dos fatores apontados para os maus resultados.

Para 2012, Alexandre Kalil quer manter a base do atual elenco. “Administrativamente, o Atlético está tranquilo. Temos que fazer as contratações pontuais, que já estão sendo feitas. Essa eleição não atrapalhou nada do que vinha sendo feito, pois tínhamos certeza absoluta da vitória. Estamos trabalhando a todo vapor para tentar trazer jogadores de bom nível e tentar arrumar o futebol que foi um fiasco dois anos seguidos”, disse.

O presidente não adianta nomes dos reforços: “A gente não esconde nome por frescura, mas para não atrapalhar. O importante é que estamos com a coisa iniciada. Vamos qualificar o elenco do Atlético para evitar um fiasco igual foi esse ano”, disse. O volante Leandro Donizete, do Coritiba, já foi anunciado pelo clube para a próxima temporada.
Kalil afirmou que manterá Eduardo Maluf como diretor de futebol do clube. O dirigente garantiu que não pretende mexer na diretoria da atual gestão.

“Minha diretoria ficou comigo três anos. Fui o presidente que tive a honra de ter companheiros que aprenderam e conviveram comigo durante três anos. Minha diretoria está toda mantida, porque lutou e sofreu muito. Não abro mão de nenhum diretor, sendo remunerado ou não, de estar do meu lado”.

Maluf chegou ao Atlético em junho do ano passado, depois de quase 10 anos no Cruzeiro. É a segunda passagem dele pelo Galo. A primeira foi entre os anos de 1999 e 2000.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.