quinta-feira, 15 de Dezembro de 2011 13:16h Luciano Eurides

Guarani segue a preparação com grupo reduzido


O Guarani voltou a treinar na tarde de ontem com uma intensidade física maior. O grupo ainda reduzido foi distribuído em três grupos. Ronaldo Gontijo trabalhava com os goleiros Thiago Régis e Tiago Gaúcho. Eduardo Diniz fez um trabalho especial com Alexandre Zacarias e Ivan. O restante do grupo ficou a cuidados de Rui Paloma e Gian Rodrigues.


O time tem pouco mais de um mês de preparação para o campeonato, o mesmo tempo utilizado para a Taça Minas Gerais. A experiência deu certo e Gian Rodrigues está confiante no tempo e nos atletas que chegam. “Indico jogadores e o mercado tem uma exigência financeira muito alta e uma concorrência fora da realidade. Como disse o presidente e eu gostei:Outros lugares podem ter mais dinheiro, mas não é só isso. Não pode faltar seriedade, competência e trabalho intenso e espero nisso sejamos mais forte. Toda vez que se monta um time tem dificuldades, é um time novo com jogadores novos que não se conhecem dentro de campo e tem de se fazer isso dar liga. São poucos jogos, é o trabalho da comissão técnica fazer isso dar liga rápido”disse.


O preparador físico Eduardo Diniz ressaltou ser o trabalho voltado para ter um grupo homogêneo fisicamente. “O mesmo problema que venho enfrentando todos esses anos (de carreira), atletas vindos de competição e outros parados a algum tempo. Através de avaliações vamos detectando trabalhos a serem feitos e individualizados, para se chegar bem homogêneo e a disposição do treinador. Na nossa pré-temporada já estamos aliando a parte física e tática, tudo o que o treinador quer, procuramos adaptar os treinamentos”, disse.


O atleta Eli Tadeu, se apresentou na terça-feira e se ambientou bem. “O grupo é bom, está a fim de trabalhar e manteve 30% da base que aqui estava na Taça Minas Gerais. Isso é importante. Vamos dar continuidade esse trabalho e possamos chegar em janeiro bem melhor que estamos aqui. O Campeonato não é fácil, o Guarani vai fazer um trabalho forte, o treinador tem uma mentalidade vencedora e cada um se ajudando é que os resultados virão. Temos dez dias, vamos parar dois dias para o Natal e dois para o Ano Novo. É assim mesmo vamos abrir mão agora e trabalhando firme teremos um resultado positivo lá na frente. Estou feliz e satisfeito”, garantiu.

 

 

Jouberth no Mamoré


O time do Esporte Clube Mamoré que vai tentar conquistar o título do Campeonato Mineiro do Módulo II em 2012 já tem seu camisa 10. A diretoria esmeraldina apresentou o meiaJouberth. O jogador era pretendido por outras equipes do futebol mineiro e chegou a ser anunciado pela Patrocinense.
Jouberth Diniz Ferreira Filho tem 24 anos e um currículo invejável. O jogador foi revelado nas categorias de base do Cruzeiro e se destacou jogando pelo Guarani de Divinópolis, conquistando o título do Mineiro do Módulo II de 2010. O meia se transferiu para o Nacional de Nova Serrana e conquistou mais dois títulos seguidos. Por último, Jouberth jogou pelo Motoclube do Maranhão.
A negociação com o jogador não foi nada fácil. As conversas tiveram início em Outubro e se arrastaram por um bom tempo devido a propostas de outras equipes. O diretor Elton Castro explicou que a contratação só foi possível através de parcerias com empresários. O Mamoré vai pagar apenas parte do salário do jogador.

ELEIÇÕES
As eleições no Guarani estão marcadas para dia 21, o presidente Edilson de Oliveira voltou a reiterar não ser candidato a reeleição. 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.