terça-feira, 6 de Dezembro de 2011 11:12h Luciano Eurides

Guarani perde para o Boa e encerra a participação na Taça Minas Gerais

O Guarani encerrou a participação na Taça Minas Gerais depois de perder as duas partidas da semifinal frente o Boa. No domingo, com uma equipe com estreias perdeu para o time de Varginha por 1x0. Na avaliação geral, o treinador Gian Rodrigues avaliou a participação como positiva e importante para o Campeonato Mineiro 2012.


O time do Bugre entrou em campo com a estreia do goleiro Tiago Gaucho, Cafu e Lima. Ainda Douglas começou jogando e Paulinho retornou a titularidade no lugar de Cleberson. Assim a equipe em campo é Tiago Gaucho, Rafael, Bruno Maia, Paulinho, Júnior, Cafu, Michel Elói, Tiago Carvalho (Lima), Douglas, Chico Marcelo e Marinho.
O jogo não foi bom e poucas emoções aconteceram. O gol do Boa saiu aos dois minutos, no cruzamento do lateral Totonho para o também lateral Jackson de cabeça abrir o placar. O time não fez um jogo ruim, mas também não encantou.


Para o treinador Gian Rodrigues o time do Guarani fez um boa partida. “Nosso time se comportou bem na primeira partida e no segundo tempo eles fazem o gol, já tinham uma vantagem de cinco e fazem mais um, ficam com seis, e da uma tranquilidade muito grande para eles jogaram. Nosso jogo não foi ruim, um segundo tempo abaixo e um primeiro buscamos o jogo e jogadores que ainda não haviam atuado”, falou.
Essa foi a primeira vez que o time entrou na Taça Minas Gerais, em condições financeiras acanhadas, com o objetivo de ser campeão e também avaliar para o Campeonato Mineiro2012, de acordo com Gian Rodrigues essa participação foi positiva. “Um time que classificou e quase o tempo todo na zona de classificação, jogadores jovens , uma folha de pagamento que é igual a dois jogadores do Boa, trabalho muito bem feito e o projeto continua, dentro disso avaliamos a postura e qualidade dos jogadores para uma primeira divisão”, garantiu.


Em se tratando de campeonato estadual o time pode perder o atacante Robert, pois o Nacional fez uma oferta muito acima do atual vencimento do atleta e a contra proposta será ainda analisada. Gian preferiu não individualizar o assunto. “Problema da diretoria e do atleta, eu tive a oportunidade de sair e foi por quatro vezes com uma situação financeira melhor e vou cumprir meu contrato. Tenho metas para o campeonato mineiro, a primeira é colocar o time no Campeonato Brasileiro, a segunda é estar entre os quatro e assim por diante. Montar um time não é fácil. Se o atleta tem opção de jogar o brasileiro ele vai, eles estão de parabéns alguns foram acima do limite. O meu contrato é até maio e penso no mineiro desde que cheguei aqui, sabemos da dificuldade, até mesmo o caso falado agora, o Nacional chega e oferece uma situação financeira maior, problema de cada um”, disse.
Para a mais importante competição do Estado de Minas Gerais se pensa em uma equipe mais experiente e acostumada a primeira divisão. “Time acostumado a vencer e que já jogaram a primeira divisão, uma qualidade emocional e técnica é o que a gente espera”, falou o treinador.
A equipe ganha a semana de folga e se reapresenta no dia 13 para o inicio dos trabalhos já pensando no estadual.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.