terça-feira, 6 de Dezembro de 2011 11:10h Luciano Eurides

Galo perde o clássico, mas não a cabeça

O Atlético perdeu o clássico pela última rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo, em Sete Lagoas. Os jogadores foram liberados e se reapresentam em 9 de janeiro para iniciar a pré-temporada. O próximo jogo do Galo em competições oficiais será a estreia no Campeonato Mineiro do ano que vem, em 29 de janeiro, contra o Boa, na Arena do Jacaré.
A goleada sofrida por 6 a 1 para o Cruzeiro não vai mudar os planos do Atlético para a temporada 2012. A começar pelo técnico Cuca. O presidente Alexandre Kalil confirmou que o treinador seguirá no comando do clube para o ano que vem. “Conversei com o Cuca, ele está muito abatido e abalado. Ele é nosso treinador, não vamos mudar nada”, disse o dirigente atleticano.


Nesse domingo, após a goleada, Kalil afirmou que faltou mobilização ao grupo para vencer o rival. A declaração do presidente foi contestada por Cuca, que garantiu que a semana de treinamentos foi tão intensa quanto as anteriores. O treinador chegou a colocar o cargo à disposição.Já visando a temporada 2012, Kalil garantiu que não vai repetir os mesmos erros cometidos em 2010 e 2011, em que o grupo passou por uma remontagem no meio da temporada. O objetivo é manter a base, contratar algumas peças e começar o ano já com o elenco definido. “Nós montamos nosso time em setembro. Fomos trocando jogador, 40 no plantel. Vocês mesmo já identificaram. Não vamos fazer isso de novo. Foram dois anos seguidos. Vamos trazer peças pontuais e teremos dispensas pontuais”.


Questionado sobre o futuro do Galo, o presidente não quis comentar, mas deixou apenas escapar que um grande projeto será anunciado nos próximos dias. “Não estou com menor espírito para 2012. Devo convocar uma entrevista, porque teremos novidades, mas não é contratação de jogador. Nela vamos falar do futuro, de 2012. O projeto vai ser apresentado para vocês. É coisa de 20 anos para o Atlético”.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.