sexta-feira, 23 de Dezembro de 2011 13:25h

Escudero, do Boca Juniors, na mira do Galo

Damián Escudero, 24 anos, meia-atacante do Boca Juniors, que esteve emprestado ao Grêmio em 2011, é o argentino que desperta o interesse do Atlético.
O empresário do jogador, Dario Bombini, revelou uma consulta do time mineiro ao clube argentino e aos seus parceiros, no Brasil. “Existe o interesse. Mas, não há nada de concreto e nem avançado. Não falei com o Damián recentemente. Houve consultas de gente que trabalha comigo no Brasil, gente nossa. Perguntaram as condições sobre o jogador” afirmou Bombini.

 

 

Um desses parceiros do empresário no Brasil é Mariano Groba, também argentino. Ele esteve em Belo Horizonte e manteve contatos com dirigentes atleticanos.
Escudero está avaliado em 5 milhões de euros. Metade dos seus direitos econômicos pertence ao Boca Juniors e a outra metade ao Villarreal, da Espanha. Um empréstimo, segundo Bombini, dificultaria o negócio com o clube argentino, que detém seus direitos federativos.

 

Um clube portenho já fez proposta por Escudero. Outro time mexicano, um grego e um turco também manifestaram interesse em ter o meio campista. Porém, o empresário do jogador acredita que permanecer no Brasil é uma alternativa mais viável.

“No Brasil pagam bons salários, ele se sente bem, se ajustou à forma de jogador e se adaptou muito bem. Mas, o ideal, seria um clube que dispute a Copa Libertadores, pela visibilidade que ela proporciona”, disse Bombini, que também não descarta um retorno ao Boca. “Eles querem de volta e veem com bons olhos (a volta), porque eles precisam de um time competitivo com jogadores de melhor qualidade. Não há nada certo”.

 

O jogador também chamado de “El Pichi”, foi revelado pelo Vélez Sarsfield e já defendeu Villarreal e Valladollid, da Espanha, além de Boca e Grêmio. Em 2007, o meia foi campeão mundial sub-20 pela Argentina.

Pelo Grêmio, foram 4 gols marcados em 31 jogos.
 

 

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.