quarta-feira, 7 de Dezembro de 2011 17:49h Atualizado em 8 de Dezembro de 2011 às 09:15h. Luciano Eurides

Casa Usada e Divimóveis/Galera dos Esportes fazem jogo emocionante

A Casa Usada é uma das equipes favoritas ao título de campeã do futsal do Estrela do Oeste Clube (EOC). O time encontrou sérias dificuldades em passar pela Divimóveis/Galera dos Esportes. O empate na prorrogação garantiu ao time de Flavão o direito de disputar a semifinal, vantagem obtida por ter vencido a primeira partida e ter uma melhor campanha na fase de classificação. A primeira partida será amanhã.
O jogo muito truncado. Uma falta cobrada por Iguinho, desviada por Fredinho, explodiu no travessão do gol defendido por Felipe Cury. A resposta da Divimóveis/Galera dos Esportes foi com Cosminho. Depois de uma boa jogada de Luís Felipe, Cosminho recebeu a bola e chutou forte, Juninho Anésio defendeu, no rebote com muita categoria colocou por cima do goleiro e abriu o placar.O empate veio aos 28 minutos de jogo (tempo corrido), Fredinho recebeu a bola, fez o pivô e deixou Calazans de frente para o gol e com um chute indefensável deu números iguais ao marcador.


No segundo tempo o jogo continuou quente. A Divimóveis/Galera dos Esportes pulou a frente do placar, aos quatro minutos, com um gol de Adilson, ele cobrou a falta, a barreira abriu e ainda desviou pelo meio do caminho tirando qualquer chance de Juninho defender. Um minuto depois Adilson se deslocou sem a bola, confiou na jogada de Leandro Greco que trabalhava a bola do outro lado da quadra, já no pé da trave ele completou a jogada. Adilson fez o segundo dele no jogo e o terceiro da Divimóveis/Galera dos Esportes.


A Casa Usada via-se em dificuldades, além do placar desfavorável, Juninho Anésio salvando, Iguinho sentindo câimbra nas duas pernas e partiu para a superação. Zé gotinha, aos 16 minutos aproveitou que a defesa adversária parou pedindo falta e chutou rasteira, no cantinho de Felipe Cury, diminuindo o marcador. A Divimóveis respondeu com Adilson, ele marcou o gol, mas a arbitragem anulou alegando falta em Fredinho.


Antes, do final do jogo, Luís Felipe e Fredinho efetuaram uma dividida muito forte, Fred levou a pior e deixou a quadra. Com a vitória da Casa Usada no primeiro jogo (4x3) e a vitória da Divimóveis na segunda partida (3x2), a decisão seguiu para a prorrogação, onde a Casa Usada teria vantagem no empate por conta de ter feito uma melhor campanha.
A Casa Usada, liderada por Flavão, não somente juntou os cacos, recuperou Iguinho, como se uniu nas dificuldades. A Divimóveis em plena superação. Os goleiros fazendo defesas incríveis. Em uma roubada de bola no meio da quadra, Flavão chutou com uma vontade jamais vista, a bola tocou no travessão e entrou. Não deu tempo nem para comemorar, Leandro Greco repetiu a jogada do terceiro gol, Juninho saiu para interceptar a bola, mas Greco fez o inesperado, chutou entre o goleiro e a trave, empatando o jogo.


O nervosismo cresceu. Em uma cobrança de lateral, Leandro Greco discutiu com a arbitragem e foi expulso, sem ele, o principal jogador do time e a poucos minutos do final, todos cansados, não houve forças para recuperação. A Casa Usada até encontrou um contra ataque, mas um chinelo atirado em quadra acabou atrapalhando, mas não tirando o brilho do jogo.
O jogador Flavão, ainda na adrenalina do jogo resumiu a vitória na palavra “união” a grande conquista da Casa Usada. “Estávamos desfalcados, não temos um time titular, mas eles fazem falta em qualquer time. Mostramos que temos um grupo forte, a união as vezes supera a habilidade. Eles valorizaram demais nossa conquista, desde o primeiro jogo e hoje não foi diferente, o importante é que as duas equipes estão de parabéns. Estamos confiante, as peças que estão faltando retornarem e quem estiver em quadra fará um bom trabalho”, disse.
O atleta Leandro Greco, já mais calmo, falou que o objetivo da equipe era a classificação. “Fizemos uma boa apresentação, temos time para classificar. Eles são favoritos, só craque na Casa Usada, mas nós temos um conjunto legal e uma turma dedicada. Infelizmente a prorrogação da maneira que é (dois tempos de cinco minutos corridos) não dá”, disse e concorda que o resultado negativo na primeira partida fez a diferença. “Entrar em uma prorrogação tão rápida com a obrigação de ganhar, é muito complicado”, declarou.
O time da Lugo Esportes está na semifinal, venceu a MG Contábil por 5x0.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.