sexta-feira, 18 de Novembro de 2011 19:21h Atualizado em 19 de Novembro de 2011 às 08:06h. Dácio Fernandes

Anderson Silva aceita o desafio de Chael Sonnen

O brasileiro Anderson Silva enfim aceitou publicamente a luta com o desafeto Chael Sonnen. Mas o campeão dos pesos-médios impôs uma condição: que a luta seja no Brasil.
Em entrevista ao site americano "SB Nation", concedida durante sua participação como piloto do pace car em uma corrida da Nascar, em Phoenix, o "Spider" disse que a aguardada revanche ainda não está marcada, e não acontecerá no UFC 143, no fim de semana do Super Bowl (final da liga de futebol americano dos EUA), como Sonnen pediu. Entretanto, ele sugeriu que o rival conseguirá a oportunidade de desafiá-lo rapidamente se aceitar vir ao seu país.


“Não gosto deste cara. Este cara (quer) me enfrentar? Vá ao Brasil. Sem problemas... Chael fala demais. Estou pronto para enfrentar Chael. Mas você tem a chance - vá ao Brasil para me enfrentar “ disse Anderson.
A revanche entre os dois é aguardada desde agosto do ano passado, quando Anderson derrotou o rival com uma finalização no último round, após ser dominado por quase toda a luta. Desde então, Sonnen vem lançando provocações e desafios ao brasileiro, muitas vezes passando dos limites - em uma ocasião, disse que “ invadiria sua casa e daria um tapa na bunda de sua esposa”. Na semana passada, o americano disse ainda que usaria a camisa do Palmeiras na luta, já que "Spider" agora representa o Corinthians. Na semana passada, o presidente do UFC, Dana White, garantiu que a revanche vai acontecer, embora ainda não tenha local e data.


A rixa seria tão forte que, quando uma foto surgiu na internet com Sonnen e Ed Soares, empresário de Anderson, lado a lado em clima descontraído, especulou-se que o brasileiro demitiria seu manager. Ao "SB Nation", Anderson disse que estava mesmo nervoso com Soares, apesar de continuar sob sua representação e soltar um pequeno sorriso quando repararam que o manager estava bem ao seu lado, o que sugere que ele estava sendo irônico.


“É um problema. Não gosto da foto, não gosto da posição do meu manager. Grande problema”- declarou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.