Cidades >
Parada Gay Divinópolis tem nova data
Quarta-feira, 1 de agosto de 2012 às 13h 14 - Por: Luciano Eurides
O Movimento Gay de Divinópolis (MGD) depois de estudos legais e para o melhor atendimento a todo o público esperado decidiu fazer a Parada do Orgulho LGBT no dia 25 de novembro

O Movimento Gay de Divinópolis (MGD) depois de estudos legais e para o melhor atendimento a todo o público esperado decidiu fazer a Parada do Orgulho LGBT no dia 25 de novembro, antes divulgada a data do dia 9 de setembro.

 


O presidente do MGD, José Marcelo David e a diretoria do MGD, entenderam não haver um motivo e sim uma série de motivos para o adiamento da data. A explicação principal é com relação ao período eleitoral. A Parada Gay é um movimento cívico, apartidário e politizado. “Não há como separar nossas lutas por cidadania e a política, mas não podemos também fazer um evento voltado para um período onde a política partidária pretende eleger seus representantes, entendemos ser o melhor para o MGD e para o público, pois a estrutura a ser oferecida será melhor”, declarou José Marcelo.

 


Está programada a apresentação de uma artista nacional, para a data de setembro o nome de Preta Gil era o mais cotado, com a mudança de data e possibilidades de agenda de artistas fala-se, além de Preta Gil, Vanessa Camargo ou Lorena Simpson.

 


O local está mantido, sendo a Rua Pitangui, onde a estrutura física permite o Trio Elétrico se mover e agitar a multidão que é esperada. Logicamente, como é tradicional na cidade haverá palco livre e militância. Os discursos deverão seguir as reivindicações de tolerância e respeito a homoafetividade, exigência da criminalização da homofobia e cuidados para a saúde.

 


O evento em Divinópolis conta com uma parceria forte e duradoura com o Ministério da Saúde, onde a Secretária Municipal e MGD se unem durante todo o ano para eventos pontuais de conscientização a cerca das doenças sexualmente transmissíveis e na Parada Gay não seria diferente.

 


Por fim a presença de convidados de várias cidades de Minas Gerais e do Brasil, onde o Movimento Gay de Divinópolis fez um trabalho de levar até várias cidades o trabalho desenvolvido, a presença foi marcante em Belo Horizonte e muito forte em Betim. No dia 2 de setembro, também na cidade de Itaúna, onde a vizinha cidade prepara a Parada Gay, com a presença de muitos militantes da cidade de Divinópolis prometem ganhar as ruas e reforçar a luta do Itaunenses.

Compartilhes
Leia Mais