Policial >
Mulher é morta com corte profundo no pescoço
Sexta-feira, 20 de setembro de 2013 às 5h 53 - Por: Luiz Felipe Enes
O crime ocorreu no bairro São Geraldo em Divinópolis. O corpo de Rosânia Aguiar da Costa, de 34 anos, foi encontrado pelo ex-amásio dela, de 63 anos, com quem tinha dois filhos. Ele foi levado para a delegacia para prestar depoimento e o carro dele passar

A Polícia Militar de Divinópolis registrou na tarde de ontem mais um homicídio na cidade. A morte ainda é um mistério, mas a Polícia Civil trabalha com a possibilidade de ser este um crime passional ou vingança.
O corpo de Rosânia Aguiar da Costa, de 34 anos, foi encontrado pelo ex-amásio dela, de 63 anos, com quem tinha dois filhos, um de cinco anos e um bebe de sete meses. De acordo com informações da Polícia Militar, o homem buscou a filha, de cinco anos, por volta de 12h30 de ontem, para levar para a escola e no fim da tarde, por volta das 17h, quando foi deixar a menina na casa da mãe, encontrou a vítima. Ele chamou o resgate do Corpo de Bombeiros que constatou o óbito e acionou as Polícias Militar e Civil.

 


Rosânia foi encontrada em cima da cama com um corte profundo na garganta e a filha de sete meses em um carrinho ao lado do corpo. Ainda de acordo com a Polícia Militar, não há indícios que a casa tenha sido arrombada. Os primeiros levantamentos feitos junto a familiares apontam que a vítima não tinha inimigos.
Segundo o delegado da Polícia Civil, Marcelo Nunes, a princípio a suspeita é de que o assassino seja alguém conhecido, pela posição em que o corpo foi encontrado. “Ela estava deitada na cama com o notebook no colo e o assassino aproximou e matou. Se fosse uma pessoa estranha, ela não estaria nesta posição. Pela perícia, o assassino a segurou pelo braço e desferiu um golpe no pescoço, quase degolando a vítima. Foi de uma violência extrema, não é uma cena comum em latrocínio (roubo seguido de morte) por isso a primeira linha é que o crime foi cometido por alguém conhecido”, avalia.

 


O ex-amásio da Rosânia foi conduzido a delegacia e o carro dele foi apreendido. Ao ser questionado se o amásio é o principal suspeito, o delegado respondeu que “não podemos descartar nada e nem afirmar por enquanto. Como foi ele que encontrou o corpo temos que abrir esta linha de investigação e encaminharemos o veículo dele para a perícia, ver se há vestígio de sangue no carro, ouvir o depoimento e colher o máximo de provas possíveis”.
Rosânia tem uma passagem pela Polícia por agressão, registrada no ano passado pelo ex-amásio que encontrou o corpo. Além das filhas de cinco anos e o bebe de sete meses, a vítima tinha outro filho, de 11 anos.

Fotos

Clique na imagem para ampliar.
Compartilhes
Leia Mais
  • Jovem algemado quebra viatura e foge

    Um jovem de 22 anos danificou uma viatura policial e conseguiu fugir mesmo estando algemado.

  • Ronda

    Dupla é apreendida com arma e motocicleta roubada

  • Carro com pane mecânica bate em residência

    Na tarde deste domingo um acidente deixou moradores assustados no bairro Bandeirantes, em Oliveira. De acordo com a Polícia Militar, um homem de 37 anos dirigia uma Belina e contou que o carro apresentou problemas mecânicos.